/, Termografia/Sua empresa faz manutenções preditivas nos equipamentos?

Sua empresa faz manutenções preditivas nos equipamentos?

Nas últimas décadas grandes corporações industriais passaram a rever conceitos não apenas para produzir mais, mas também para reduzir custos operacionais e estender a vida útil dos equipamentos. Neste cenário, uma tendência ganhou força: a manutenção preditiva. Deixar de atuar apenas no reparo pontual do conserto, para dedicar atenção constante ao monitoramento das máquinas – antes que parem de vez por problemas -, tem comprovado ser a melhor maneira de aumentar sua disponibilidade e durabilidade.

Retrospectiva do mercado

Grandes fatos marcaram o setor, ao longo dos últimos anos. Uma linha do tempo com início em 1930, por exemplo, mostra que os processos industriais não eram tão mecanizados durante a Segunda Guerra Mundial. Naquela época, a manutenção tinha a finalidade exclusiva de corrigir quebras, apenas.

No período pós Guerra, entre 1950 a 1970, o consumo de produtos aumentou extraordinariamente e fez com que os fabricantes ampliassem a capacidade produtiva e a disponibilidade das máquinas. Na ocasião, nascia a manutenção preditiva, realizada como parte de um cronograma com intervalos específicos.

Entre 1980 e 1990 surgiram os primeiros sistemas de software voltados à manutenção das máquinas de produção. O avanço gerou novas posições nas empresas para profissionais de manutenção, incluindo iniciativas preditivas.

Na virada no século, grandes organizações começavam a dar a devida relevância à manutenção de equipamentos. Desse movimento, criou-se a Engenharia de Manutenção, especialmente para o setor da aeronáutica onde as exigências com relação à disponibilidade e confiabilidade são extremamente altas.

Hoje, os processos de produção tornaram-se mais complexos e digitais. A Engenharia de Manutenção e a Gestão de Ativos são temas prioritários na agenda dos gestores, que buscam por recursos avançados para monitorar permanente seus equipamentos. A adoção de intervenções planejadas e programas de manutenção preditiva também passaram a fazer parte do dia a dia operacional.

Acompanhamento constante da performance das máquinas

A manutenção preditiva (ou a manutenção sob condição) é um método da Engenharia de Manutenção programada conforme as condições do equipamento, apontando como está o seu desempenho. A partir dela, pode-se extrair métricas valiosas sobre desgastes de componentes em tempo real e agir pró-ativamente no reparo preditivo. Algumas métricas referem-se às condições mecânicas, elétricas. pneumáticas, eletrônicas e hidráulicas da máquina. O trabalho pode ser feito remotamente, com a mesma confiança de uma operação presencial.

Assim, gestores podem saber mais sobre a eficiência dos equipamentos sem precisar abri-los, desmontá-los e interromper as operações. Os dispositivos denominados Termovisores possuem a mais avançada tecnologia que é fundamentada em imagem térmicas que, aliadas à softwares de última geração, permitem a geração de relatórios analíticos para manutenção e utilização como ferramentas para os profissionais.

A partir de práticas preditivas, é possível aumentar a disponibilidade das máquinas, reduzindo quebras e altos custos com manutenções corretivas. Mais do que isso, diminuir acidentes e ampliar a segurança aos operadores.

RTI Automação oferece tecnologia avançada para elevar a qualidade de manutenções preditivas

A RTI Automação oferece tecnologia avançada para assegurar os melhores resultados de manutenções preditivas nos equipamentos do chão de fábrica. Com estrutura ágil e flexível, e uma equipe experiente nas particularidades do setor industrial, a RTI dimensiona os melhores produtos e soluções de software a custos acessíveis para o diagnóstico, coleta de dados e monitoramento em tempo real da performance dos equipamentos de produção da sua empresa.

Reduza intervenções corretivas e paradas não programadas. Fale com nossos especialistas e saiba mais vantagens das manutenções preditivas para as máquinas da sua planta fabril, garantindo que tenham pleno funcionamento e, consequentemente, gerem mais lucro e competitividade para o seu negócio, hoje!

(imagens: divulgação)


2018-09-28T10:23:09+00:0027/02/2018|Redes e Infraestrutura, Termografia|