//A força do Android na Automação Comercial e Industrial

A força do Android na Automação Comercial e Industrial

Nos tempos atuais é praticamente uma certeza que qualquer pessoa carrega no bolso um smartphone, sendo que o sistema operacional utilizado nesses verdadeiros computadores de bolso varia entre o sistema iOS, da Apple, e Android, do Google, sendo esse último o que conquistou uma maior faixa do mercado no Brasil.

Graças a essa facilidade de acesso, o sistema Android se tornou uma possível ferramenta para os processos de automatização da indústria, facilitando o acesso de dados e o controle da linha de produção. Quer saber mais sobre o poder que está no seu bolso? Então nos acompanhe.

Acessibilidade e mobilidade: porque o Android na automação?

Os smartphones ganharam força na sociedade atual em grande parte pelo seu caráter de serem verdadeiros computadores portáteis que cabem no bolso, sendo possível se utilizar deles para muito mais do que as ligações de antigamente.

Graça a esse caráter multiuso, as empresas do setor de telefonia móvel têm se dedicado a colocar o máximo de capacidade de processamento nesses aparelhos.

As ferramentas mobile de computação, na verdade, começaram sua existência através das ferramentas de trabalho, como as agendas eletrônicas e PDAs, mas ganharam força ao atingir o grande público na forma dos smartphones. Nesse cenário, o sistema Windows não decolou e a alternativa ao iOS da Apple veio na forma do Android.

Um sistema, vários aparelhos

O sistema operacional Android, por não ter sido concebido por uma indústria de manufatura de telefones, rapidamente ganhou espaço ao ser abraçado por diversas fabricantes, como a Samsung, a LG, a Sony e concorrentes com melhores preços, como a Huawei.

Mesmo com a eventual entrada da Google no mercado de fabricação de smartphones, primeiro com a aquisição da Motorola e depois com a criação do Google Pixel, as demais empresas continuam a utilizar o Android devido ao seu amplo acesso e à enorme biblioteca de aplicativos disponíveis.

Unindo o útil ao agradável

O Android acaba sendo uma perfeita resposta à crescente demanda por mobilidade no setor industrial, uma vez que é disponível para imediata aplicação e conta com diversas opções de aplicativos, permitindo uma escolha mais segura.

O uso da IoT no setor industrial também impulsiona a aplicação do Android, uma vez que ele tem integrações com diversas ferramentas como o Google Cloud, Firebase, Google VR e as ferramentas de aprendizado de máquinas atualmente em desenvolvimento pela DeepMind, além de integração com outras companhias subsidiárias da Alphabet.

Mas falando nisso…

As vantagens do uso do Android na automação

O Android se apresentando no seu uso em smartphones apresenta três grandes vantagens na aplicação à indústria do sistema e seus aplicativos. A primeira é a instintividade do uso de seu touchscreen, que permite uma adaptação rápida à aplicação e uma curva de aprendizado de curto tempo.

A segunda é a facilidade com que os fornecedores de aplicativos conseguem lançar seus produtos, que chegam ao sistema com pouca burocracia, permitindo constantes atualizações e um mercado competitivo entre os desenvolvedores.

Por fim, sua fácil customização para os diferentes dispositivos permite que as empresas de programação criem versões de seus programas utilizáveis tanto em celulares quanto em tablets, SmarTVs e wearables, PCs e IHMs.

A interação entre dispositivos

Por algum tempo, o uso do Android diretamente nas máquinas industriais foi considerado um salto de fé no sistema. Com a dedicação da Google e dos desenvolvedores em superar os problemas iniciais, hoje a aplicação do sistema operacional para além dos aparelhos móveis é cada vez mais simples e traz como recompensa uma interconexão segura entre os diversos dispositivos.

Existe, é claro, a opção de não integrar as máquinas da operação industrial ao sistema, mas as vantagens de utilizar o mesmo sistema em todos os aparelhos é notável e permite um acompanhamento mais acertado e seguro dos dados, tanto através de ferramentas wireless e uso de tablets Android como PDAs até a possibilidade de se manter informações em tempo real sobre o processo industrial na nuvem.

Essas ferramentas contribuem imensamente no dia a dia de operações industriais como as do tipo Just in Time e outras que tiram proveito do uso de dados automatizados.

Ficou interessado e gostaria de saber mais sobre as possíveis aplicações do sistema operacional Android na sua empresa? Que tal conversar com nossos especialistas sobre as possibilidades dessa implementação?

(imagens: divulgação)


2018-11-27T08:27:46+00:0008/05/2018|Softwares|