//O Controle de temperatura em processos industriais e domésticos

O Controle de temperatura em processos industriais e domésticos

Como uma grandeza básica, a temperatura é uma das variáveis na indústria moderna que dependem das ferramentas de controle e automação – e o controle de temperatura é uma das mais importantes etapas nos processos de produção.

Seja para manter o padrão de qualidade nos produtos ou para garantir a boa utilização das máquinas e equipamentos e evitar paradas de manutenção, o controle de temperatura é um importante foco em ambientes industriais e domésticos, uma vez que os CLPs e as posteriores camadas de automação dependem deste tipo de sensor para fazer aquisições de dados de forma correta – seja para um equipamento ou até para uma geladeira.

Quer saber mais sobre o controle de temperatura e porque é tão importante nos processos industriais e domésticos? Continue lendo nosso post!

As formas de controle de temperatura

Amplamente utilizado no ambiente industrial e doméstico com diferentes formas de atuação e de interação com os trabalhadores e o maquinário, o controle de temperatura exerce um importante papel em diversos processos de controle e automação.

A aplicação dos mais diversos tipos de sensoriamento para a medição de temperatura depende das características de cada dispositivo, como:

  • Sensores de resistência elétrica;
  • De campo eletromagnético (EMF);
  • Radiação térmica.

Além das características para os sensores, existem 3 tipos gerais de controle para a temperatura:

  • O ON-OFF;
  • Proporcional;
  • PID

O Controle ON-OFF

Considerado como o tipo de controle de temperatura mais simples e de menor custo, funcionam apenas ligando e desligando os equipamentos de resfriamento ou aquecimento para manter sempre em torno de uma faixa de temperatura pré-definida.

Com isso, sua utilização se torna ideal em processos onde a mudança de temperatura ocorre de forma lenta e gradativa – como em geladeiras e em ar condicionados.

O Controle Proporcional

O controle de temperatura de forma proporcional já possui mais robustez e qualidade no seu gerenciamento, uma vez que não depende somente de um liga-desliga.

Com isso, se obtém um controle da temperatura antes dela sair da faixa que está sendo monitorada e permite também a configuração de um Set Point para manter a temperatura através do aumento ou diminuição da fonte de energia.

Seu conceito se torna bastante parecido com o PWM – Modulação de Largura de Pulso – bastante utilizado na eletrônica por permitir um controle da potência somente alterando a energia fornecida.

O Controle PID (Proporcional, Integral e Derivativo)

Os controles de temperatura PID são ajustados a partir dos Controladores Lógicos Programáveis – CLPs e possuem altíssima precisão no ajuste da temperatura a partir do que foi previamente programado.

Este tipo de controle atrela os ganhos do controle proporcional a mais duas características: a de levar em consideração os eventos passados (Controle Integral) e a reação com base na taxa de alteração do ritmo dos eventos passados (Controle Derivativo).

Com isso, os ganhos de produtividade e eficiência são atrelados a forma do controle para que o ambiente, máquina ou processo não esteja com uma temperatura além da que foi desejada.

Outros tipos de Controle de Temperatura

Além dos tipos de controle de temperatura que foram descritos acima, alguns também estão presentes em residências e indústrias.

Os Chillers, Fan Coils e Roof Tops são soluções para manter a temperatura do ambiente de forma barata e eficiente. Seja com os resfriadores de água (Chillers), com os sistemas de condensação de água e injeção do ar frio no ambiente (Fan Coils) e os sistemas que podem controlar a temperatura com fácil instalação porém sem grande precisão (Roof Tops) – manter a temperatura num ambiente industrial ou doméstico exige uma boa aplicação, instalação e manutenção.

Saiba mais!

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais sobre os diferentes tipos de Controles de Temperatura? Entre em contato com o nosso time de especialistas!

Comente em nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais!

(imagens: divulgação)


2018-09-28T10:21:16+00:0020/06/2018|Refrigeração|